Brasília – A saída de Leur Lomanto da diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foi formalizada nesta quinta-feira (13), com a publicação do decreto de exoneração no Diário Oficial da União. O decreto é assinado pelo presidente da República em exercício, José Alencar, e pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Lomanto deixou o cargo na última quinta-feira (6). Alegou que estava renunciando ?por entender que ANAC deve permanecer fiel ao seu compromisso de ser uma agência de Estado e não de governo?. Lomanto foi o terceiro dos cinco diretores da Anac a abandonar o posto em meio às críticas de que a agência teria sido ineficiente para lidar com a crise do setor aéreo. Antes dele, Denise Abreu e Jorge Velozo haviam renunciado.

Para ocupar o cargo de Velozo, Jobim indicou o nome do major-brigadeiro Allemander Jesus Pereira Filho, que ainda deve ser sabatinado e aprovado pelo Senado. O ministro da Defesa pretende indicar até a próxima segunda-feira (17) o nome dos outros dois diretores que faltam para completar a diretoria da Anac.