Brasília – O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, disse ontem que só o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, "acha que o brasileiro paga pouco imposto de renda".O comentário foi feito depois que o ministro disse, na véspera, que o IR no país não é alto quando comparado a outros países. "Se você falar por afora que aqui no Brasil um trabalhador que ganha US$ 300 paga Imposto de Renda, todo mundo tira sarro da sua cara. Só o Palocci acha que o brasileiro paga pouco IR", disse o sindicalista. Ele afirmou que apesar de a defasagem na tabela do IR estar em 61% (a CUT fala em 63%), as centrais já ficam satisfeitas se o governo fizer uma correção de 17%: "Nós temos uma defasagem de 61% dos últimos oito anos. A inflação foi de cerca de 85% nesse período e os governos FH e Lula deram apenas 17%. Eles têm uma dívida de 61%. Mas se o governo Lula reajustar com 17%, estaremos felizes".