Mateus-FerrazA Polícia Civil de São Paulo investiga a morte de um fisiculturista de 23 anos de idade, ocorrida em Taubaté, na tarde desta terça-feira (27). Segundo o cardiologista que atendeu o paciente, a suspeita é que Mateus Ferraz tenha feito uso excessivo de anabolizantes.

Segundo o delegado que investiga o caso, foram requisitados exames toxicológicos para descobrir quais substâncias estão presentes no sangue do rapaz e em quais quantidades. “Queremos saber se ele usou algo ilegal no corpo e, se isso aconteceu, descobrir quem vendia o produto”, disse o delegado José Paiva.

O resultados dos exames devem sair em 30 dias.