Os líderes e ministros que estavam almoçando com o presidente Fernando Henrique Cardoso deixaram, há pouco, o Palácio da Alvorada, após cerca de duas horas de reunião. Segundo o vice-líder do governo no Senado, Romero Jucá (PSDB-RR), o motivo do encontro foi discutir a pauta de votações do Congresso Nacional após o retorno dos trabalhos no Legislativo, previsto para depois do segundo turno das eleições.

Jucá disse que o presidente fez um apelo para que os parlamentares votem o maior número possível de projetos. Entre os que são considerados prioridade para o governo federal, estão as medidas provisórias que trancam a pauta de votações da Câmara (cerca de 31), o Orçamento para 2003, a medida provisória que regulamenta mudanças no Banco Central, além da reforma da previdência. “A correção do erro na medida provisória da tabela do Imposto de Renda também deve ser votada”, garantiu o líder. No total, estão pendentes cerca de 200 matérias na pauta da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.