Altamira – Cerca de 200 homens do Exército ocuparam no final da tarde de terça-feira a usina hidrelétrica de Tucuruí, em Tucuruí, no Pará. A razão da ocupação é que o serviço de inteligência militar detectou que integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) planejavam invadir a usina e cortar a transmissão de energia. Para evitar essa ação dos manifestantes, os militares ocuparam a usina. O comandante da operação é o general Jairo César Nass. Os militares integram o Esquadrão de Cavalaria de Tucuruí e o Pelotão de Infantaria de Marabá (PA). A informação que o Exército recebeu, de acordo com o que foi apurado pelos órgãos de inteligência, é de que a ocupação aconteceria ainda esta semana. O movimento dos atingidos por barragens reivindica o pagamento de indenização aos pequenos produtores que moravam em áreas que foram inundadas para a construção da hidrelétrica.