enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Ex-sócio é suspeito de matar gerente de churrascaria

Testemunhas afirmam que funcionário tinha ido cobrar dinheiro

O gerente de uma churrascaria morreu após ser baleado, hoje, na Lapa (zona oeste de São Paulo). O principal suspeito é um ex-sócio da vítima, segundo relatos das testemunhas à polícia.

Policiais militares foram chamados após Avelino Fantin, 61, ser baleado no restaurante localizado na avenida Ermano Marchetti. Ele foi levado ao Hospital da Lapa e chegou a ser transferido ao Hospital das Clínicas, onde morreu.

De acordo com o delegado Rubens Eduardo Barazal, cinco funcionários estavam na churrascaria no momento do crime. Os depoimentos formais das testemunhas começarão a ser recolhido hoje.

Segundo informações dadas à polícia, o suspeito era funcionário antigo do local, mas foi afastado da sociedade e teria ido ao local para cobrar um dinheiro. Uma discussão ocorreu, e Fantin foi baleado no saguão do restaurante.

A polícia apreendeu R$ 120, três planilhas de gastos e uma cópia da carteira de habilitação do ex-sócio.

Após o crime, a polícia fez buscas na região e em locais onde o suspeito poderia estar, mas não o encontrou. Ninguém foi preso.

O delegado afirmou que vai pedir à Justiça a prisão temporária do suspeito ainda hoje, caso o suspeito não se apresente espontaneamente.

O caso está sendo investigado pelo 7º DP (Lapa).

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas