Morreu nesta segunda, vítima de parada cardíaca, a ex-deputada e diretora do Centro Cultural da Assembléia Legislativa do estado do Rio de Janeiro (Alerj), Heloneida Studart. Ela havia se submetida a uma cirurgia no coração há seis dias. O velório será na sede da Assembléia Legislativa.

Heloneida exerceu quatro mandatos na Alerj, dedicando-se primordialmente à luta pelos direitos da mulher. Durante a Assembléia Constituinte, participou do chamado ?lobby do batom?, para inclusão de direitos trabalhistas específicos para mulheres como a licença-maternidade de 120 dias. Este ano, Heloneida foi nomeada diretora do Centro Cultural e do Fórum de Desenvolvimento Estratégico do Estado do Rio de Janeiro Jornalista Roberto Marinho, da Alerj. A Alerj suspendeu o seminário que ocorreria no Plenário Barbosa Lima Sobrinho esta manhã.