Um micro-ônibus que transportava estudantes caiu numa ribanceira de sete metros, nesta segunda-feira, 8, em Pilar do Sul, no interior de São Paulo. A estudante Débora Mitsue Okuda, de 19 anos morreu e outras seis pessoas ficaram feridas, quatro com ferimentos graves.

O coletivo, da prefeitura de Pilar do Sul, saiu da cidade com destino a Sorocaba, onde parte dos estudantes faria prova numa escola técnica estadual. Na altura do km 138 da rodovia Francisco José Ayub (SP-264), o veículo se perdeu e saiu da estrada, despencando na ribanceira.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, a barra de direção do coletivo se partiu, o que deve ser confirmado pela perícia. Ainda segundo os policiais, o veículo caiu sobre um enxame de abelhas, o que dificultou o socorro às vítimas. Um apicultor que passava pelo local ajudou a controlar o enxame.

Uma pessoa com fraturas múltiplas foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional de Sorocaba. Outras três foram levadas pelo Corpo de Bombeiros para o Pronto-Socorro de Pilar do Sul, mas uma delas acabou transferida para o Regional de Sorocaba. O motorista do ônibus e um passageiro tiveram ferimentos leves. O corpo da estudante morta foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba.

A pista, de mão dupla, ficou parcialmente interditada durante três horas. De acordo com a prefeitura, o ônibus, fabricando em 2002, levava doze pessoas, incluindo o motorista, e tinha passado por revisão recentemente. As causas do acidente serão apuradas pela Polícia Civil.

É o segundo acidente com ônibus de estudantes da região em três dias. Na sexta-feira, um ônibus que levava estudantes de uma escola estadual de Sorocaba para uma excursão em Santos, na Baixada Santista, perdeu o freio e tombou na rodovia Anchieta, em Cubatão, deixando 23 pessoas feridas.