Duas pessoas ficaram feridas ontem, durante uma briga entre grupos de skinheads e de roqueiros, na região do Jabaquara, zona sul de São Paulo. Um foi preso.

Segundo informações da polícia, a briga entre as cinco pessoas começou na madrugada, na Avenida Engenheiro de Arruda Pereira, próximo a uma base da PM. Os policiais que estavam na base viram o início da briga e tentaram apartar, quando perceberam que dois jovens estavam feridos a facadas no pescoço, abdome e tórax.

Um projetista, de 24 anos, e um desempregado, de 26 anos, foram socorridos e levados para o Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro Saboia, onde permanecem internados na UTI, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com policiais da 35º DP, onde o caso foi registrado, o grupo de skinheads atacou os roqueiros. O instalador Rafaele Marquini Franco, de 25 anos, foi preso em flagrante. Um mecânico, de 23 anos, também foi levado à delegacia, mas foi liberado em seguida. Com a dupla foram apreendidos três latas de cerveja, um soco inglês, uma faca e no bolso de Rafaele foi encontrado um canivete com marcas de sangue.