São Paulo – Ao tentar impedir que seu Honda Civic prata fosse roubado, o economista Ricardo dos Santos Martins Ferreira, 42, foi assassinado na noite de terça-feira, em frente ao parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. O economista comia um lanche, por volta das 22h, em uma das barraquinhas perto do portão 3 do parque, quando foi avisado por testemunhas que seu veículo havia sido roubado. Ferreira viu o assaltante passar com o Honda. Mesmo com o carro em movimento, a vítima correu e, pela janela do carro, agarrou o pescoço do ladrão na tentativa de impedir o assalto.

O comerciante Luiz Fernando da Silva, dono de uma das barracas, testemunhou o caso. Ele disse que viu o economista ser arrastado por alguns metros, pendurado pela janela do carro. Para tentar fugir, o ladrão, armado, disparou duas vezes. Um dos tiros acertou a porta do carro e o outro a cabeça do economista. Baleado, Ferreira caiu no chão. Ele foi socorrido por guardas civis municipais e levado ao Hospital São Paulo, mas não resistiu ao ferimento.