Duas pessoas foram detidas acusadas de participar do assassinato do prefeito de Nova Canaã do Norte (MT) Antonio Luiz Cesar de Castro, de 43, conhecido por Luizão, ocorrido no último dia 5 de agosto, em um clube na cidade. O prefeito foi morto com 7 tiros. Segundo a polícia, uma terceira pessoa está sendo procurada pelo mesmo crime.

Quinze pessoas já foram ouvidas nas investigações do assassinato do prefeito. Já foram colhidos depoimentos dos filhos do prefeito e novamente da esposa da vítima. Os delegados trabalham com duas linhas principais, uma relacionada a negócios do prefeito e outra ligada a questões políticas.

A Polícia Civil diz saber que dois homens que chegaram em um carro branco, um deles encapuzado, entrou no clube e foi até o prefeito. Ele teria se certificado que a vítima era realmente seu alvo, perguntando se era o “Luizão”, após ter confirmado efetuou os disparos com uma pistola. Os tiros foram disparados a curta distância, cerca de 1 metro, e atingiram na região do tórax e nas costas do prefeito. No local foram coletados projeteis. O suspeito deixou o clube a pé.