Rio

– Dois acidentes de trem pararam o Rio ontem e deixaram 18 pessoas feridas sem gravidade. Às 3 h de ontem, um caminhão betoneira (que transporta concreto) se chocou contra uma locomotiva de carga, em plena Avenida Francisco Bicalho, um dos principais acessos à cidade, provocando caos no trânsito. O motorista do caminhão se contundiu e o maquinista nada sofreu. Testemunhas contaram que o motorista da betoneira Inácio Salustiano Alves Filho, de 36 anos, avançou o sinal, que estava fechado para veículos por causa da passagem da locomotiva. O caso foi registrado na 17.ª Delegacia Policial (São Cristóvão). O boletim de ocorrência confirma o erro do motorista que sofreu contusão no joelho esquerdo e passa bem. Elias Cassiano da Silva, de 44 anos, que conduzia a locomotiva, só teve uma crise nervosa. Ao meio-dia, um trem de passageiros descarrilou em Santa Cruz, na zona oeste. Dezessete pessoas se feriram levemente. Com o impacto, a locomotiva e a betoneira tombaram. A betoneira derrubou um poste de luz. O tráfego ficou impedido nas duas pistas da Francisco Bicalho, para a retirada do caminhão e o içamento da locomotiva.