Brasília – O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), garantiu que a Casa não irá ficar paralisada por conta das discussões em torno da criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre os cartões corporativos.

?Os desentendimentos sobre a CPI não vão parar o Senado, isso eu asseguro a vocês?, disse. Ele ainda afirmou que a oposição não pode obstruir totalmente a pauta por conta de divergências com o governo com relação às indicações para relatoria e presidência da CPMI.

?A oposição precisa entender que ela precisa ser prestigiada, o exercício da sua função, mas não pode obstruir totalmente a pauta porque está se desentendendo com o governo. A mesma coisa o governo precisa entender: que o Senado não está nem a serviço do governo, nem a serviço da oposição?, disse.

A briga pela relatoria e presidência da CPMI resultou na decisão da oposição de obstruir a pauta do plenário e das comissões da Casa.