A Polícia do Rio de Janeiro prendeu hoje Gilberto Cesar do Carmo, de 44 anos, conhecido como Gordo. Ele estava foragido da Justiça após ter sido preso, em 2003, pela Polícia Federal acusado de atuar no tráfico internacional de drogas. A partir de uma denúncia anônima, Carmo foi localizado dirigindo seu carro, na Avenida Brasil, na altura de Bangu. Atualmente, ele trabalhava normalmente como motorista em uma transportadora situada no mesmo bairro em que foi detido.

Segundo a polícia, ele atuava como “matuto” – pessoa responsável pelo transporte de drogas – e atendia a facções criminosas no Rio. Gordo chegou a cumprir 11 meses de prisão e foi beneficiado com a liberdade condicional, ocasião em que se tornou foragido da Justiça. Ele foi condenado a seis anos de prisão no mesmo processo em que estão envolvidos Claudio Machado Vasconcelos, Ricardo Araujo, o Cadão, Nelson Hideki Leite, o Japonês ou Japa, Marcelo Rocha Rapuano, Joana Laura da Mata Selva Sobrinha e Maria da Glória da Mata Selva Sobrinha.