enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Delegados da PF também fazem paralisação

Desde ontem já estavam em greve agentes, escrivães e papiloscopistas

Os delegados da Polícia Federal também estão com as atividades paralisadas hoje em protesto por melhores condições da categoria e reajuste salarial. Desde ontem já estavam em greve agentes, escrivães e papiloscopistas da PF em todo o país.

Segundo a Associação Nacional dos Delegados da PF, a paralisação dos delegados ocorre apenas nesta quarta, mas, dependendo das negociações com o governo federal, a categoria pode parar por tempo indeterminado. Durante a paralisação de hoje, apenas 30% dos delegados estão realizando os serviços considerados essenciais.

Dentre as reivindicações da categoria estão a “liberação integral do orçamento da Polícia Federal e que reconheça o trabalho dos policiais, com a recomposição inflacionária de 30% linear para todos os policiais federais”, segundo Alexandre Manoel Gonçalves, vice-presidente do sindicato dos delegados da PF de São Paulo.

Um grupo de delegados deve realizar um ato público nesta quarta na frente do Ministério do Planejamento, em Brasília. Servidores públicos de outras áreas também deverão participar do ato.

Passaporte

Com a greve dos agentes, escrivães e papiloscopistas, a emissão de passaportes já estava prejudicada desde ontem no país. Em Estados como Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e Ceará, a emissão de passaportes foi reduzida quase a zero.

Em São Paulo, o sindicato estima que no Estado todo haja uma queda de 30% na emissão de passaportes, cuja média diária é de 2.000.

Apesar disso, a Superintendência da PF em São Paulo disse que haverá pelo menos o “efetivo mínimo” trabalhando no setor de passaportes e que estão sendo remanejadas pessoas para atender o público. Só em junho, a PF em São Paulo emitiu 14.356 passaportes.

Quem já pagou as taxas para a retirada do documento e não for atendido terá de remarcar data para pegar o passaporte, o que pode ser feito pelo site da PF. Apenas passaportes de urgência estão sendo emitidos e só os que já estão prontos serão entregues.

Aeroportos

Para hoje, a categoria aponta que haverá operação-padrão no aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, a partir das 15h30, e no aeroporto de Rio Branco (AC). Neste segundo, não foi informado o horário. Com isso, policiais farão checagens mais completas em bagagens e documentos.

No Rio, o sindicato alerta que podem haver filas e demora no embarque e desembarque de passageiros de voos internacionais. O sindicato é contra a tercerização de parte de mão de obra da imigração nos aerportos e assumir os postos (e fazer a verificação com rigidez) é uma forma de reinvindicação.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas