enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Delegado vai a São Paulo para investigar morte de empresária

O corpo de Mônica foi encontrado no dia 8, próximo à favela de Vigário

O delegado da Homicídios da Polícia Civil do Rio, Rivaldo Barbosa, embarcou hoje para São Paulo, onde se reunirá com policiais para tratar da morte da empresária Mônica Petti, 38, e do desaparecimento de Fernando Marcionílio dos Anjos, 42.

O corpo de Mônica foi encontrado no dia 8, próximo à favela de Vigário Geral, zona norte do Rio. Fernando dos Anjos permanece desaparecido.

“Vamos conversar e trocar informações. Quero saber o que eles têm sobre o assunto e estabelecermos um trabalho conjunto”, afirmou Barbosa.

Segundo a Polícia Civil, os dois chegaram ao aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, cada um num Toyota Corolla. Os veículos foram deixados no estacionamento do aeroporto, às 10h do último dia 5.

Eles embarcaram para o Rio às 11h, em um voo da TAM. No Santos Dumont, foram filmados por câmeras de segurança caminhando de mãos dadas. Depois, não foram mais vistos.

Os empresários iriam ao Jockey Club da Gávea assistir ao Grande Prêmio Brasil. Petti teria cavalos de corrida.

De acordo com a polícia paulista, Anjos é dono de máquinas caça-níqueis, e a Prime Office Serviços de Digitação, em sociedade com Petti, é de fachada e usada para lavar dinheiro. Ninguém da empresa foi encontrado para comentar a acusação.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas