Criminosos tentaram matar um bombeiro em frente de casa, no bairro Itaberaba, zona norte de São Paulo, na madrugada de hoje. O bombeiro reagiu e baleou um dos criminosos.

Por volta da 0h30, o bombeiro e a mulher chegavam, em carros separados, em casa na avenida Itaberaba. Após guardar um dos veículos na garagem, foram surpreendidos por homens armados.

Os criminosos gritaram: “vai morrer, vai morrer” e começaram a atirar. O bombeiro se escondeu atrás do carro e mandou a mulher também se proteger. Teve início um tiroteio que terminou com um dos suspeitos, um adolescente, baleado na testa. O restante dos criminosos fugiu.

O adolescente foi levado em estado grave ao hospital Vila Nova Cachoeirinha. O policial e a mulher saíram ilesos do ataque. O caso foi registrado no 13º Distrito Policial, na Casa Verde.

Outros ataques

Ao menos duas pessoas foram mortas e outras quatro baleadas, no Jardim Figueira Grande, na zona sul de São Paulo, por volta das 23h30 de ontem. Nenhum suspeito pelos crimes foi preso.

Segundo a polícia, criminosos atiraram contra quatro pessoas que estavam em um bar na rua Sebastião Dias Fragoso. Na mesma rua, os criminosos atiraram contra outras duas pessoas.

Os baleados foram levados aos hospitais M’ Boi Mirim, Regional Sul e Campo Limpo, onde dois morreram. O caso foi registrado no 47º Distrito Policial, no Capão Redondo.