O Disque-Denúncia informou que recebeu 32 ligações informando sobre o paradeiro da procuradora aposentada Vera Lúcia Sant’Anna Gomes, acusada de torturar uma criança de dois anos no Rio de Janeiro.

O número de ligações é quase o dobro de denúncias feita antes da divulgação do cartaz com a foto da acusada, publicado às 18h de ontem. Antes do cartaz, eram feitas cerca de 20 denúncias por dia. As informações fornecidas em caráter anônimo serão investigadas pelas Polícias civil e militar.

Vera Lúcia está foragida desde o dia 5, quando foi decretada a sua prisão. Na segunda-feira, a Justiça negou a liminar que pedia a revogação da prisão da procuradora. Para a desembargadora Gizelda Leitão Teixeira, da Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, Vera Lúcia mostrou “verdadeiro desprezo pela lei”.

Quem tiver informação sobre o paradeiro de Vera Lúcia Gomes pode ligar para (21) 2253-1117.