CPI do Senado marca depoimento de Jobim para quarta-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga a crise no setor aéreo do País acertou o depoimento do ministro da Defesa, Nelson Jobim, na quarta-feira que vem, às 10 horas. Segundo o presidente da comissão, senador Tião Vianna (PT-AC), a presença de Jobim se faz necessária porque, até agora não foram apresentados ao País os planos de metas emergenciais e de médio prazo do governo para superar a crise no setor de aviação.

A CPI ainda marcou para amanhã à tarde os depoimentos dos presidentes da TAM, Marco Antonio Bologna, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuannazzi, do chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), brigadeiro Jorge Kersul Filho, e do presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), brigadeiro José Carlos Pereira.

Voltar ao topo