O Vaticano definiu que a praia de Copacabana, na zona sul do Rio, e a Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste, serão os principais palcos da Jornada Mundial da Juventude, que vai ocorrer na cidade de 23 a 28 de julho do próximo ano. O papa Bento XVI estará na cidade durante o evento.

A missa de abertura será celebrada na praia de Copacabana, no dia 23 (terça-feira). Como o papa ainda não terá chegado ao Rio, a cerimônia será comandada pelo arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta. A cerimônia de acolhida ao papa, no dia 25 (quinta-feira), e a Via Sacra, no dia 26 (sexta-feira), também vão ocorrer em Copacabana. Junto com os jovens, Bento XVI fará o percurso da crucificação e morte de Jesus.

A vigília, que começa na tarde do dia 27 (sábado), e a missa de envio, na manhã de 28 (domingo), terão a presença do papa e serão realizadas na Base Aérea de Santa Cruz. Após a missa haverá um show com artistas católicos, que será gravado e lançado em DVD. A Urca, na zona sul, abrigará a Feira Vocacional e as confissões não terão lugar fixo. Segundo a Cúria, elas serão realizadas simultaneamente às celebrações. A Jornada é um encontro internacional de jovens católicos criado em 1986 pelo então papa João Paulo II e deve reunir cerca de dois milhões de jovens.