O consultor de trânsito do Porto de Santos, Adenílson Lima da Silva, foi morto em uma das principais avenidas do Guarujá, na noite desta terça-feira, 16. Segundo testemunhas, uma moto – que não teve a placa identificada – efetuou vários disparos contra o carro que Santos conduzia. A polícia ainda investiga as causas do crime.

Santos, de 39 anos, era funcionário da empresa Santos Brasil, operadora responsável por terminais portuários no Guarujá e em Santos. Segundo o boletim de ocorrência, ele foi encontrado morto, com quatro tiros na cabeça, após o veículo ainda percorrer alguns metros. O carro que a vítima dirigia era de propriedade da companhia. Em nota, a empresa lamentou o episódio e afirmou que o funcionário não estava em horário de trabalho no momento do ocorrido.

O caso ainda está em investigação, mas a polícia já descarta a possibilidade de roubo seguido de morte. No veículo, ao lado do consultor, foram encontrados um notebook ainda ligado, um celular e quatro pen drives.