enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Conselho Federal de Medicina recomenda parto no hospital

O CFM (Conselho Federal de Medicina) divulgou, hoje, uma recomendação a médicos e grávidas para que façam, preferencialmente, o parto em ambiente hospitalar.

Essa posição difere da adotada pelo CRM (Conselho Regional de Medicina) do Rio de Janeiro, que, no fim de julho, proibiu médicos de participarem de partos realizados em casa. Depois de muita polêmica e marchas públicas contra a decisão, a Justiça derrubou o veto do CRM-RJ.

A recomendação do conselho federal não fala em vetos, mas alerta para níveis mais altos de mortalidade nos partos realizados em casa. Frisando a segurança, o conselho diz que é preciso balancear riscos e benefícios para que “as opções estejam legitimamente ancoradas em princípios bioéticos”.

“As autonomias do médico e da mulher devem ser respeitadas no âmbito da relação médico-paciente. No entanto, a ‘legitimidade da autonomia materna não pode desconsiderar a viabilidade e a vitalidade do seu filho (feto ou recém-nascido), bem como sua própria integridade física e psíquica'”, diz nota divulgada pelo CFM.

Na nota, o CFM não cita a decisão do conselho regional do Rio, instância que tem autonomia para tomar decisões como a que proibiu o acompanhamento médico dos partos em casa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas