Na semana que vem, o Congresso Nacional começa a colocar em votação os vetos presidenciais. Atualmente, mais de 500 vetos acumulam a pauta do Congresso e precisam ser votados em sessão conjunta: Senado e Câmara.

O assunto será discutido na reunião de líderes do Senado, marcada para esta terça (12). "Vamos fazer uma proposta para os líderes para votar os vetos que estão encalhados há muito tempo", disse o presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN). Ele acrescentou que o "mutirão em busca da votação dos vetos" conta com o apoio do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP).

O projeto que reduz a maioridade penal, terceiro item da pauta do plenário, não deve ser votado nesta semana. Na avaliação de Garibaldi Alves Filho, a proposta "será votada logo". O projeto determina que adolescentes entre 16 e 18 anos respondam criminalmente em caso de crimes hediondos.