O Diretor do Centro de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáutico (Cenipa), brigadeiro Jorge Kersul Filho, informou que a Comissão de Investigação sobre o acidente envolvendo o Boeing da TAM, que se encontra nos Estados Unidos, deve retornar ao Brasil na quinta-feira à noite, chegando ao País na sexta-feira pela manhã. Ele afirmou que as informações contidas na caixa preta do avião serão mantidas em sigilo. "A gente não cede estes dados para ninguém", afirmou.

Ele explicou que o Brasil é signatário da Convenção de Chicago, que prevê que toda investigação deve se restringir à comissão de investigação e ao centro de prevenção de acidentes. O brigadeiro afirmou que cada vez que a Aeronáutica é obrigada a fornecer os dados para a Polícia Federal, por decisão judicial, o sistema brasileiro de prevenção "está ameaçado". "Pode trazer inconvenientes para a prevenção de acidentes no Brasil", disse.

"Colhemos informações de voluntários, de outras tripulações. Quando somos obrigados a entregar os dados para outra finalidade colocamos aquelas pessoas que deram as informações voluntariamente em uma situação que pode produzir provas contra elas mesmas", explicou. Ele defendeu a necessidade de uma legislação que garanta a proteção dessas informações.