Pelo menos 600 motoboys que estavam na frente da sede da Prefeitura de São Paulo em protesto contra a proibição de trafegarem nas faixas expressas das marginais começaram a se encaminhar, por volta de 11h30, para a Câmara dos Vereadores, também no centro. Os manifestantes aproveitavam também para reclamar das novas regras para uso do capacete. Segundo a categoria, houve pouco tempo para se adequar às exigências.

O protesto dos motoqueiros ainda teve como alvo o aumento no licenciamento obrigatório. Um caminhão de som acompanhava os manifestantes, que promoviam um buzinaço na região. Um representante do sindicato foi recebido por representantes da secretaria de Transportes e um novo encontro deve ser marcado para breve.