A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) convocou 1.325 mutuários inadimplentes de São Paulo para renegociar dívidas de contratos de gaveta. Para atendê-los, a empresa montou um cronograma de plantões, que acontece entre hoje e amanhã, na Zona Leste da capital paulista. A iniciativa integra, conforme comunicado enviado à imprensa, a campanha “Fique em Dia com a sua Casa”, lançada para promover a regularização financeira e contratual em todo o Estado.

Os mutuários podem parcelar suas dívidas mediante pagamento mínimo de 10% do total, facilitados em até três vezes. O FGTS pode ser utilizado para quitação do saldo devedor. O valor da parcela mensal mínima corresponderá a 5% do salário mínimo, R$ 28,00. Quem optar pelo pagamento total do débito à vista será isento de juros de mora.

Até o final deste ano, está prevista a realização de cerca de 400 plantões de atendimento nas cidades com maior número de contratos ativos. Com a iniciativa, que integra um conjunto de medidas que serão implantadas nos próximos quatro anos para modernização da gestão do patrimônio da CDHU, a companhia espera elevar a sua arrecadação em cerca de R$ 40 milhões.

Os moradores que já fizeram algum acordo com a CDHU no passado e tiveram dificuldades em cumpri-lo também terão uma nova chance para renegociar toda a dívida. O atendimento acontece no Centro de Integração de Cidadania (CIC), Rua Virgilio Campelo, nº 150, Zona Leste, das 9 horas até às 15h30 neste sábado e, das 9 às 15 horas, no domingo.