Rio

– O ator Wilson Vianna, de 75 anos, conhecido por ter interpretado o Capitão Aza na TV Tupi por mais de uma década, morreu na madrugada de ontem em conseqüência de um infarto fulminante. Ele estava passando uma temporada em Mato Grosso do Sul com a mulher, o filho e a nora. O corpo chegaria ao Rio ontem à noite e será velado na capela C do Cemitério do Caju. O enterro será hoje, ao meio-dia.

De 1966 a 1979, Vianna fez muito sucesso na TV Tupi na pele do personagem Capitão Aza, um herói que usava uniforme de aeronáutica, capacete de piloto com duas asinhas desenhadas, óculos de lentes negras e diversas medalhas. “Alô, alô, alô, Sumaré! Alô, alô, Embratel! Alô,alô, Intelsat 4! Alô, alô, criançada do meu Brasil! Aqui fala o Capitão Aza, comandante-em-chefe das forças armadas infantis deste Brasil!” era o brado inconfundível de abertura de seu programa diário, que apresentava desenhos animados e séries hoje consideradas clássicas, como “A feiticeira”, “Jeanne é um gênio”, “Speed Racer” e “Corrida maluca”. O nome Capitão Aza era uma homenagem a um herói da FAB que lutou na Segunda Guerra Mundial, conhecido entre os aviadores como Aza.