O trabalho de resgate dos dois trabalhadores soterrados em uma pedreira em Santos, no litoral de São Paulo, foi retomado nesta manhã, conforme informou o Corpo de Bombeiros. Eles estão presos no local desde a manhã da última terça-feira. O risco elevado de ocorrerem novos desabamentos de rochas dificulta o trabalho de resgate.

O acidente ocorreu na Rodovia Rio-Santos, área continental da cidade. Na última quarta-feira, uma nova avalanche de terra, registrada por volta das 9 horas, prejudicou o avanço do trabalho de resgate. Geólogos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) foram ao local para analisar a maneira mais segura de socorrer as vítimas.