Brincadeira de carnaval de bairro acaba em morte no Rio de Janeiro

Uma tradicional brincadeira de carnaval no subúrbio do Rio acabou em tragédia na noite de domingo. Um adolescente de 15 anos morreu e outros quatro ficaram feridos em Bento Ribeiro, bairro onde nasceu Ronaldo Fenômeno, numa briga envolvendo dois grupos de bate-bolas. A confusão começou na rua Carolina Machado quando os grupos de foliões, usando roupa de palhaço, máscara no rosto e uma bola de plástico na mão, se encontraram.

No tumulto, um homem, ainda não identificado, disparou contra os jovens. Um dos tiros acertou Gerson Manuel Florentino Júnior, que morreu na hora.

Segundo a Polícia Militar, Gerson é filho de um policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a tropa de elite da corporação. Outros quatro jovens – com idade entre 19 e 22 anos, além de um menor de 17 anos – foram feridos nas pernas e estão internados no hospital Carlos Chagas. A 30ª DP investiga o caso.

Voltar ao topo