O ministro Paulo Bernardo informou, ao participar de evento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Ribeirão Preto (SP), que já foi convidado a depor, na quarta-feira, à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões, que investiga os gastos irregulares feitos com cartões corporativos por servidores públicos. "Pretendo comparecer e acho que essa CPI tem o papel importante de discutir a qualidade do gasto público" comentou ele. "Tenho a certeza que vamos mostrar que no governo Lula os gastos diminuíram e melhorou a qualidade", enfatizou Bernardo.

Após divulgar os reajustes salariais de 11 categorias do funcionalismo público, o ministro disse também que deverá negociar com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o aumento dos militares, além dos da Receita Federal. "A idéia é conversar imediatamente", afirmou lembrando da brincadeira que fez ontem, em Brasília, de que Jobim ainda não teria entrado em contato com ele, como havia combinado que o faria após a aprovação do Orçamento.