Um dia após o Superior Tribunal de Justiça ter concedido liminar suspendendo uma licitação para transposição das obras do rio São Francisco, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez questão de prometer que irá tirar o projeto do papel, destacando as tentativas de realizar a obra desde os tempos do Império.

Lula aproveitou uma platéia de cerca de 2 mil pessoas em Natal, para afirmar que cumprirá a promessa. "D. Pedro tentou fazer a transposição das águas do Rio São Francisco em 1.847. Não deixaram ele fazer. Eu não sou imperador, não sou príncipe, sou apenas um retirante nordestino que virou presidente, e conheço a realidade do Nordeste, vou fazer", afirmou Lula durante a cerimônia de lançamento dos investimentos para o saneamento e habitação do Programa de Aceleração do Crescimento(PAC) no Rio Grande do Norte.

"Vou fazer e vou fazer porque não tenho duas caras", completou o presidente. Lula também voltou a dizer que o Rio São Francisco não tem "um dono e se trata de um rio nacional". "A riqueza deste rio é de cerca de 190 milhões de brasileiros", concluiu.