A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (14) o reajuste anual das tarifas nos estados do Rio Grande do Sul, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe. O aumento de preços está previsto nos contratos de concessão das distribuidoras de energia.

Os 120 municípios do Rio Grande do Sul (RS), que recebem energia elétrica da distribuidora AES Sul, terão aumento médio de 13,84%. As tarifas de 254 municípios gaúchos atendidos pela Companhia Rio Grande de Energia (RGE) serão reajustadas em 4,55%. Os novos valores entram em vigor no próximo dia 19.

A Aneel autorizou o reajuste nas contas de quatro distribuidoras de energia da Região Nordeste. As novas tarifas passam a valer a partir de 22 de abril.
A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) reajustará em 5,58% as tarifas de 375 municípios baianos. A Companhia Energética do Ceará (Coelce) é fornecedora de 184 cidades cearenses que terão aumento de 10,89%. Para a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), o reajuste médio foi de 6,01% em 167 municípios. Já a Energipe atende 63 cidades, onde haverá aumento de 9,39%.

Segundo a Aneel, os percentuais de reajuste refletem a variação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) nos últimos 12 meses e o aumento da cotação do dólar, que influencia o custo do contrato de energia da Usina de Itaipu.