O Ministério da Defesa informou que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não recebeu ainda a comunicação oficial da empresa aérea BRA sobre a suspensão de seus vôos. Mesmo assim, conforme o Ministério, a Anac enviou uma equipe para a empresa aérea para verificar a situação da BRA. Ainda de acordo com a assessoria do Ministério, a preocupação principal é com os passageiros que estão em trânsito – usaram uma perna (um trecho da passagem) e precisam retornar a seus destinos.

O Ministério da Defesa informa que a diretoria da Anac vai negociar com as outras empresas uma forma de acomodar esses passageiros em outros vôos.

De acordo com as informações transmitidas por sua assessoria, o ministro Nelson Jobim considerou ruim o cancelamento dos vôos da BRA e considerou um problema a mais, embora já houvesse sinais de que a empresa estava enfrentando dificuldades. A expectativa é de que a situação de atendimento aos passageiros se resolva da melhor maneira possível.