São Paulo – Pela segunda vez nesta terça-feira (24), todos os pousos foram suspensos no Aeroporto de Congonhas, às 11h05, por causa do forte nevoeiro que encobre toda a cidade de São Paulo e regiões próximas.

As operação de decolagem estavam sendo feitas com o auxílio de instrumento. Até 11 horas, estavam programadas 90 partidas. De acordo com o último boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) metade dos vôos foi cancelada, totalizando 46 operações. Os atrasos acima de uma hora afetaram 11 vôos.

Em Guarulhos, foi necessário acionar os instrumentos para orientar os pilotos nas manobras de saídas e chegadas. De um total de 123 decolagens, 23 não cumpriram os horários, obrigando os passageiros a uma espera de, no mínimo, uma hora além do tempo, inicialmente, previsto.

Pela manhã, havia grande movimentação de clientes da companhia aérea TAM, que transferiu para este terminal 22 vôos e informou o cancelamento de 68.

Em sua página na internet, a empresa informou o cancelamento de 12 vôos da ponte aérea São Paulo-Rio e que o atraso médio das viagens domésticas foi de 70 minutos e das internacionais, 53 minutos.