Foi adiada para a próxima semana a reunião do Conselho Político do governo que estava marcada para o fim da manhã, no Palácio do Planalto, e trataria da reforma política. O Conselho, que habitualmente se reúne às quintas-feiras, é integrado pelos presidentes e líderes dos 11 partidos da base aliada ao governo no Congresso. A reunião de hoje foi adiada por causa do baixo comparecimento de parlamentares ao Congresso em razão do feriado de amanhã (Dia de Finados) e por causa da crise aérea.

Vários líderes decidiram antecipar o retorno aos seus Estados com receio de terem dificuldades de viajar em razão do agravamento dos problemas na aviação. Na reunião, o governo colocaria em discussão propostas para apressar a votação da reforma política. O governo pretendia aproveitar a reforma política regularizar a situação dos senadores que saíram do DEM para entrar em partidos governistas e estão ameaçados de cassação de mandato.