Cláudio Orlando do Nascimento, o Rato, que está detido no Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, em Bangu, no Rio de Janeiro, feriu sua namorada durante visita íntima na tarde de ontem. Ele cumpre pena após ter sido condenado por participação no assassinato do jornalista Tim Lopes.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), Rato jogou água fervente em sua companheira, Fernanda Marins de Carvalho, durante a visita íntima. Ela sofreu queimaduras pelo corpo e imediatamente foi encaminhada para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo.

A Seap instaurou uma sindicância interna para apurar os fatos. O interno teve o benefício de visita íntima cancelado e foi conduzido ao isolamento. O caso foi registrado na 34ª DP, em Bangu.