Brasília- O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) foi reconduzido pela bancada do partido à liderança do PMDB no Senado pelos próximos dois anos. Na reunião do partido, foi formalizada ainda a indicação do senador José Sarney para disputar a presidência da Casa. Como haverá uma chapa única, resultante de acordo entre todos os partidos, a eleição apenas cumprirá uma formalidade regimental. Renan disse que terá como principal tarefa na liderança colaborar com a governabilidade e ajudar na aprovação das reformas estruturais, que passarão pelo Congresso. O senador disse que não vê incompatibilidade entre as discussões das reformas no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e no Congresso.

Ela acha que o Conselho poderá aparar arestas e auxiliar a discussão parlamentar. “O que precisa é antecipar essa discussão e qualificar o debate político.” Segundo Renan, o partido precisa estabelecer uma agenda que seja representativa dos anseios da sociedade.