São Paulo

  – O presidente do Grupo Pão de Açúcar, Abilio Diniz, pediu aos seus funcionários que se comprometam a ajudar o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em pronunciamento realizado em reunião plenária na última segunda-feira, Diniz disse que votou em José Serra (PSDB), mas que agora vai apoiar o novo presidente. O grupo Pão de Açúcar tem cerca de 60 mil funcionários.

– Tudo aquilo que tenho ouvido das pessoas que junto com Lula dirigirão este país me autoriza a ser mais do que um otimista torcedor e a ter mais do que esperança. Estas palavras não significam apenas uma menção de apoio. Quero que seja de nossa parte um compromisso. Um comprometimento de ajudarmos em tudo aquilo que estiver ao nosso alcance disse Abilio.

Recentemente, o grupo Pão de Açúcar iniciou uma campanha informando aos consumidores que há falta de determinados produtos em suas lojas porque a empresa se nega a pagar o aumento de preços exigido pelos fornecedores. O grupo é dono das cadeias de supermercados Pão de Açúcar e Barateiro, do hipermercado Extra e das lojas Eletro.

Em seu discurso, Diniz disse que admira a trajetória do novo Presidente da República. Para o empresário, Lula é um exemplo. – Acompanho a trajetória de Lula desde o começo, como líder sindical no ABC. Tenho por ele a maior admiração, não só por suas conquistas, mas principalmente pelo seu crescimento. Para quem, como eu, que acredita que devemos ser hoje melhores do que fomos ontem e amanhã muito melhores do que hoje, Lula é um exemplo. Certamente cresceu com as vitórias e também com as derrotas afirmou Abilio.