A seleção brasileira feminina perdeu neste domingo, em Macau, para a campeã
olímpica China por 3 sets a 0 (25/22, 25/21 e 25/20), perdendo a invencibilidade
de 14 jogos que tinha nesse ano. A China e também a seleção de Cuba já estão
classificadas para a fase final do Grand Prix da Ásia, de 13 a 18, em Sendai,
Japão (como anfitrião também tem vaga assegurada). Para passar a decisão do
torneio, o Brasil precisa de mais uma vitória.

Na terceira etapa, em
Taipei, a equipe do técnico José Roberto Guimarães, jogará contra Holanda,
Coréia e Cuba, pelo Grupo H, de sexta-feira a domingo. Zé Roberto lamentou a
derrota. "Perdemos grandes chances, principalmente no início, quando a China
estava nos respeitando e jogava com certo medo. Pecamos pela ansiedade e, em
alguns momentos, jogamos de forma burocrática." Apontou a levantadora Feng, a
melhor que já viu em quadra, como a diferença da China. "As variações de jogadas
dela são impressionantes."