O Brasil se mantém na liderança do ranking divulgado nesta quarta-feira (15) pela Fifa, apesar da eliminação precoce da Copa do Mundo, na quarta-de-final, que acabou por ter pouca interferência na determinação da posição dos países mais bem classificados

O maior sinal a respeito disso é que o México, que subiu apenas duas posições em relação ao ranking anterior, da 18ª para a 16ª posição, foi o país que conseguiu o maior salto entre os 20 primeiros colocados

A Itália, atual campeã do mundo, é a segunda colocada, seguida por Argentina, França e Inglaterra. As posições anteriores já levavam em consideração o desempenho dos países nas Eliminatórias para o Mundial, o que torna o ranking praticamente estável ao longo dos meses. O vice-campeonato da França não foi suficiente para superar a diferença que separava o país da terceira colocada Argentina

A maior queda foi dos Estados Unidos, que passou da 16ª para a 23ª posição

Veja como ficou o Ranking da Fifa:

(entre parênteses, a posição anterior)

1. Brasil (1), 1,649 pontos
2. Itália (2), 1,550
3. Argentina (3), 1,479
4. França (4), 1,462
5. Inglaterra (5), 1,434
6. Holanda (6), 1,322
7. Espanha (7), 1309
8. Portugal (8), 1,301
9. Alemanha (9), 1,229
10. República Tcheca (10), 1,223
11. Nigéria (11), 1,156
12. Camarões (12), 1,109
13. Suíça (13), 1,028
14. Uruguai (14), 985
15. Ucrânia (15), 954
16. México (18), 928
17. Dinamarca (17), 927
18. Costa do Marfim (20), 909
19. Paraguai (19), 892
20. Suécia (22), 86
21. Croácia (23), 854
22. Guiné (24), 850
23. Estados Unidos (16), 848
24. Egito (29), 841
25. Gana (25), 839
26. Romênia (26), 834
27. Equador (28), 826
28. Turquia (27), 824
29. Colômbia (21), 814
30. Polônia (30), 805