O governo brasileiro condenou "veementemente" o teste nuclear realizado hoje pela Coréia do Norte. Segundo nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, o teste contrapõe-se à Declaração Presidencial sobre o assunto emitida pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, na última sexta-feira.

Na nota, o governo brasileiro exorta a República Democrática e Popular da Coréia a reintegrar-se ao Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP) e a aderir ao Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares (CTBT). "Ao somar-se mais uma vez aos esforços da comunidade internacional em favor da não-proliferação das armas nucleares, o Brasil reitera também sua visão de que passos significativos e urgentes devem ser dados no sentido da eliminação de todos os arsenais atômicos", conclui o Ministério.