Rio, 24 (AE) – O Botafogo estreou bem na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, ao derrotar nesta quarta-feira o Olaria, por 2 a 0, no complemento da rodada dupla no Maracanã – antes, o Fluminense havia goleado o América, por 4 a 0. Depois de um primeiro tempo fraco, o Alvinegro se lançou ao ataque e teve em Guilherme, autor dos dois gols, seu destaque.

Ao fim do jogo, Guilherme não escondia a felicidade por ter dado fim ao jejum de gols com a camisa do Botafogo. "Foi um alívio. Já tinha passado a hora de eu balançar as redes no meu novo clube", declarou o atacante, aplaudido pela eufórica torcida alvinegra.

O primeiro tempo foi muito ruim. Se faltou criatividade, além de lances de emoção, sobraram passes errados e muitas faltas – quatro jogadores levaram cartões amarelos. O Botafogo somente incomodou o goleiro do Olaria em uma cobrança de falta, aos 37 minutos, do lateral César Prates. Ele chutou forte, de longa distância, e Marcos Leandro fez boa defesa. A bola entraria no ângulo esquerdo.

A inoperância ofensiva do Alvinegro levou o técnico Arthurzinho afirmar para outros integrantes da comissão técnica, sentados no banco de reservas, que o Olaria "só perderia o jogo se errasse". A declaração surgiu quase no fim da primeira etapa.

A conversa no vestiário surtiu efeito aos jogadores do Botafogo, que retornaram mais dispostos. O goleiro Marcos Leandro evitou um gol de cabeça de Ricardinho, após cobrança de escanteio. Scheidt e o próprio Ricardinho tiveram oportunidades para abrir o placar, mas não foram eficientes na hora de finalizar.

Coube, então, ao atacante Guilherme fazer a tarefa. O artilheiro, mesmo entre os zagueiros, conseguiu cabecear a bola cruzada por Rogério Souza. Foi seu primeiro gol com a camisa alvinegra. Encolhido na defesa, o Olaria não teve forças para reagir.

E acabou castigado. O zagueiro Berg "entregou" a bola, na área do Olaria, para Alex Alves, que fez boa jogada individual. Ele cruzou e Guilherme teve apenas o trabalho de concretizar a vitória em preto e branco.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 X 0 OLARIA

Gols – Guilherme, aos 17 e 37 do segundo tempo.

Botafogo – Jefferson; Rogério Souza, Scheidt, Rafael Marques e César Prates; Túlio, Juca e Ramon (Almir); Ricardinho (Caio), Guilherme e Alex Alves. Técnico – Paulo Bonamigo.

Olaria – Marcos Leandro; Betinho, Ber e Jarró; Domício, Valtinho Bel, Júlio César (Jarró) e Dededo; Amauri (Edvaldo) e Willian. Técnico – Arthurzinho.

Juiz – Pablo Alves Cartão amarelo – Jarró, William, César Prates e Amauri.

Cartão vermelho – Guido.

Renda – não divulgada.

Público – não divulgado.

Local – Maracanã.