O Botafogo quer vender o atacante Reinaldo para o Vestel Manispor, da Turquia. O jogador, no entanto, não quer ir. Acredita que ficará esquecido no futebol turco, mais distante do sonho de defender a seleção brasileira.

Por isso, a negociação está paralisada, conforme revelou hoje o presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas. A diretoria quer negociá-lo para conseguir dinheiro e, assim, garantir a permanência do meia Zé Roberto.

O clube carioca tem uma dívida com o Kashiwa Reysol, do Japão, de R$ 1,1 milhão em razão da compra de Zé Roberto, em julho de 2005. Mas o problema é que a venda de Reinaldo não avança.