Juiz de Fora, 23 (AE) – O Botafogo voltou à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao empatar com o Vitória por 1 a 1, neste sábado à noite, em Juiz de Fora (MG), pela 37ª rodada. O time carioca vencia a partida até os 48 minutos do segundo tempo, quando o meia Leandro Domingues fez o único gol baiano.

Cumprindo pena em Minas pela perda do mando de jogo, o Alvinegro contou com o apoio do torcedores, que viram em campo um time aplicado, mas com várias deficiências técnicas. Com este resultado, o Botafogo totalizou 40 pontos, o mesmo número de pontos do Vitória.

E o equilíbrio das equipes na tabela de classificação também foi evidente durante a partida: ambas criaram várias jogadas de ataque, que se tornaram nulas na hora da finalização de seus atacantes.

Neste jogo de erros, o Botafogo ficou em vantagem a maior parte da partida, já que conseguiu aproveitar um lance, aos 29 minutos do primeiro tempo. O meia Almir recebeu um passe do atacante Caio e chutou forte na entrada da grande área.

Mas, se o Botafogo fez seu gol, o Vitória abusou das jogadas ofensivas desperdiçadas. O rubro-negro Obina foi o principal responsável pelo insucesso do ataque baiano. Tanto que no segundo tempo o técnico Evaristo de Macedo o substituiu por Gilmar, porque as falhas continuaram a se repetir. Além dele, outro que fez o treinador perder a paciência foi o meia Alan Delon, que cedeu lugar a Leandro Domingues.

Já o técnico do Botafogo, Paulo Bonamigo, optou por substituir o meia Valdo por Elvis, além da promover o retorno de Alex Alves, após se recuperar por três meses de uma contusão, que entrou no lugar de Caio aos 37 minutos da segunda etapa. As mudanças não mudaram o rendimento das equipes. E, quando o Alvinegro tentava tocar a bola para assegurar o triunfo, o Vitória empatou a partida com Leandro Domingues, que livre de marcação na área aproveitou um cruzamento e chutou sem defesa para o goleiro Jefferson.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 1 VITÓRIA

Gol – Almir, aos 29 minutos do primeiro tempo. Leandro Domingues aos 48 minutos do segundo tempo.

Botafogo – Jefferson; Ruy, João Carlos, Gustavo e Jorginho Paulista; Fernando, Túlio, Valdo (Elvis) e Almir; Caio (Alex Alves) e Ricardinho (Cassiano). Técnico – Paulo Bonamigo.

Vitória – Juninho; Alex Santos, Alex Silva, Marcelo Heleno e Fabinho; Arivélton, Vinícius, Advaldo (Magnum) e Alan Delon (Leandro Domingues); Edílson e Obina (Gilmar). Técnico – Evaristo de Macedo.

Juiz – Jamir Carlos Garcez (DF).

Cartão amarelo – João Carlos, Vinícius, Edílson e Marcelo Heleno.

Renda e público – Não divulgados.

Local – Estádio Mário Helenio, em Juiz de Fora (MG).