Centenas de milhares de jovens católicos de todo o mundo participaram hoje de uma missa ao ar livre presidida pelo papa Bento XVI nas proximidades de Colônia, Alemanha, como parte da 20ª Jornada Mundial da Juventude. O pontífice encerrará o evento no domingo com outra missa campal. A expectativa é que mais de 800 mil pessoas assistam à cerimônia na Esplanada de Marienfeld (ou Campo de Maria), marcando o fim da primeira viagem internacional do pontífice e sua primeira visita à terra natal.

Mais cedo hoje, Bento XVI reuniu-se com o chanceler alemão, Gerhard Schroeder. A reunião com o chanceler durou 15 minutos, segundo a secretaria de imprensa do governo, que não deu detalhes sobre o conteúdo da conversa. Além do chanceler, o papa alemão recebeu o presidente do Parlamento, Wolfgang Thierse, social-democrata como Schröder, a líder da oposição democrata-cristã, Angela Merkel, e o chefe do governo regional da Renânia do Norte Westfália, o também democrata-cristão Jürgen Rüttgers.

As reuniões do papa com os políticos são meramente protocolares, mas têm importância política pelo fato de Bento XVI ser alemão e seu país estar em campanha eleitoral.

Também hoje, o pontífice recebeu Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, a quem transmitiu saudações ao Brasil e aos amantes do futebol. O papa se reuniu com o ex-jogador no arcebispado da cidade. A audiência com Pelé não estava no programa do dia, mas, segundo a organização da 20ª Jornada Mundial da Juventude, iniciada oficialmente na quinta-feira, foi incluída na agenda porque o papa, como bom alemão, gosta muito de futebol.

A próxima Jornada será em Sydney, na Austrália, em 2008, segundo informações da rede de televisão alemã NTV. O anúncio oficial do próximo encontro é esperado para amanhã, após a missa ao ar livre.