São Paulo – Cerca de 39 milhões de trabalhadores passarão a receber nesta quarta-feira (10) R$ 3,6 bilhões em benefícios salariais. São dois tipos de pagamentos: rendimentos oriundos do PIS-Pasep (R$ 1,1 bilhão destinados a 31,02 milhões de brasileiros) e Abono Salarial (R$ 2,5 bilhões para 8,36 milhões de pessoas). O saque deve ser feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal (CEF) em todo o país. O prazo para retirada vai até 30 de junho de 2006.

Tem direito ao Abono Salarial, no valor de R$ 300, a pessoa que trabalhou no mínimo 30 dias em 2004, recebeu até dois salários mínimos mensais e está cadastrada no PIS desde 2000. "É uma espécie de décimo-terceiro salário", diz Ana Lúcia Amorim de Brito, gerente nacional da CEF. Para obter os rendimentos do PIS-Pasep, o trabalhador deve ter sido cadastrado nos programas até 4 de outubro de 1988. "Os valores variam de acordo com uma quota, ou seja, percentual recolhido pela empresa em nome do funcionário até o ano de 1988", explica Ana Lúcia.

Segundo a gerente nacional da Caixa, há três formas para o recebimento dos benefícios: como crédito na folha de pagamento, caso a empresa tenha convênio com o banco; como correntista da CEF; ou por meio do Cartão do Cidadão, serviço gratuito disponível em casas lotéricas ou em agências da Caixa. "Trata-se de uma alternativa àqueles que não possuam conta corrente, que permite o saque em casas lotéricas, por exemplo", conta Ana Lúcia.

O trabalhador que não é correntista da Caixa ou que seja de empresa que não possui convênio com o banco deve orientar-se pelo seu mês de nascimento para ter acesso ao benefício. Para mais informações, a CEF disponibiliza o número 0800-574-0101, das 7h às 20h. Outro serviço disponível ao trabalhador é o Alô Trabalhador, do Ministério do Trabalho e Emprego, no telefone 0800-285-0101.