enkontra.com
Fechar busca

Notícias

Beira-Mar vai ficar 40 dias preso em Maceió

  • Por Agência Globo

O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, ficará preso na Superintendência da Polícia Federal em Maceió, pelos próximos 30 ou 40 dias. Depois disso, o traficante será transferido para o presídio no Piauí que está sendo federalizado. Conforme acertado entre os governos federal e de São Paulo, a transferência aconteceu um mês após a chegada de Beira-Mar ao estado.

 A transferência do traficante para Maceió foi um pedido pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao governador de Alagoas, Ronaldo Lessa. O pedido foi feito na terça-feira, quando as principais lideranças do PSB se reuniram em Brasília.

Beira-Mar foi transferido do Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, interior de São Paulo, às 7h35m desta quinta-feira. Sob forte esquema de segurança, ele foi levado num helicóptero da Polícia Federal para o aeroporto de Presidente Prudente, a 20 quilômetros do presídio. Num avião da Polícia Federal, com capacidade para 12 pessoas, o traficante foi primeiro a Brasília. O avião foi reabastecido na capital federal e levantou vôo novamente ao meio-dia.

A advogada do traficante, Cecília Machado, protocolou nesta quinta, no Ministério da Justiça, um pedido de garantia de vida para o cliente e outro em que requer informações sobre o local para onde ele será levado. Cecília diz temer que Beira-Mar – que já ordenou por telefone a execução de outros traficantes e mandou matar em Bangu I seu maior rival, Ernaldo Pinto de Medeiros, o Uê – seja assassinado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas