Os bancos ABN Amro, holandês, e Barclays, britânico, anunciaram nesta segunda-feira (23)que chegaram a um acordo de fusão, em uma das maiores uniões internacionais da história bancária européia. O Barclays ofereceu ? 36,25 (US$ 49,25) por ação do ABN – valor do fechamento de sexta-feira. Como parte do negócio, o ABN anunciou que está vendendo seu banco americano LaSalle ao Bank of America por US$ 21 bilhões em dinheiro.

"A fusão do ABN e do Barclays vai criar uma forte e competitiva instituição para seus clientes, com produtos superiores e distribuição abrangente", os bancos informaram em um comunicado. "O novo grupo deve gerar um significante e sustentado crescimento de lucros para os acionistas." Os bancos informaram que a fusão criará um único banco, sediado em Amsterdã, com 47 milhões de clientes em todo o mundo.