O Banco do Brasil (BB) passou a oferecer hoje uma linha de crédito especial de R$ 400 milhões para as indústrias exportadoras que utilizam mão-de-obra intensiva. Os encargos da linha FAT Giro Setorial são TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) mais 2,8% ao ano com pagamento de até 24 meses, incluída a carência de até 12 meses. O primeiro setor a ser atendido é o coureiro/calçadista, segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira pelo BB.

O diretor de Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, José Carlo Soares, diz que o FAT – Giro Setorial foi desenvolvido para suprir a necessidades de capital de giro de setores industriais responsáveis por milhares de empregos e os recursos vão "contribuir para a manutenção desses postos de trabalho". A expectativa do BB é que possam ser atendidas de imediato cerca de quatro mil empresas de diversos portes.