O Banco da Coreia (BoK) anunciou nesta quinta-feira que manteve inalterada sua taxa de juros de referência, em 1,75%. A decisão era esperada por 15 dos 18 economistas consultados pelo Wall Street Journal após a autoridade monetária ter surpreendido os mercados ao baixar a taxa de juros, em março, ao nível atual, o menor patamar histórico.

Segundo o comunicado, os dirigentes do BoK aguardam mais dados econômicos do segundo trimestre para avaliar o estado da economia após uma recuperação moderada dos primeiros três meses do ano. Os altos níveis de endividamento das famílias sul-coreanas também inspiraram cautela.

A economia do país vem sofrendo nos últimos tempos com a queda nas exportações, fruto da desaceleração global e do apreciação do won ante o euro e o iene. Em abril, as exportações recuaram 8,0% na comparação anual, a maior queda em dois anos.

No mês passado, o BoK reduziu a estimativa de crescimento da Coreia do Sul para este ano de 3,4% para 3,1%. Em 2014, o país cresceu 3,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.